Abstract Linear Background_edited.jpg
LINA_BLOG__-05_edited.png
LINA_BLOG-06.png

Por que Março é o mês dedicado às mulheres?


O Dia Internacional da Mulher, comemorado mundialmente no dia 08 de Março, é celebrado desde 1911. Em 1977, foi reconhecido de forma oficial pela ONU - Organização das Nações Unidas — organização internacional cujo objetivo é buscar a paz e o desenvolvimento mundial por meio da cooperação entre os países.


Inicialmente, a data estava ligada a questão de desigualdade salarial, mas com o passar dos anos, virou uma luta contra a violência e o machismo também. O dia 08 de Março é um dia de muita reflexão e comemoração pelas conquistas já obtidas, pois a situação mudou, mas ainda pode melhorar - e muito.


A liderança feminina faz com que o desenvolvimento social e econômico tenha um crescimento exponencial. Um importante estudo, que comprova essa tese, é o relatório lançado pela Business & Sustainable Development Commission (BSDC), o Women Rising 2030. No relatório é listado os 17 Objetivos Globais de Desenvolvimento Sustentável, que inclui o desenvolvimento de energias limpas, a preservação do meio ambiente e a diminuição da desigualdade.


A francesa, Corinne Ripoche, consultora mundial de Recursos Humanos da Adecco para a América Latina, diz que a liderança feminina nas empresas é capaz de trazer muitos benefícios, além do financeiro - como resiliência e uma visão única do universo dos negócios. Facilitar que as mulheres conquistem posições hierárquicas e cheguem a cargos de gerência, liderança e direção é um tema importante no mundo dos negócios. Pois, além do reconhecimento da competência e valorização da diversidade, a ESG (sigla em inglês para ambiental, social e de governança) estimula as empresas a colaborar com um ambiente mais inclusivo.


Em recente pesquisa realizada pela empresa Grant Thornton, dados apontam que a presença feminina em cargos de liderança vem crescendo. Em 2021, os cargos de liderança sênior ocupados por mulheres era de 31%, mais que 2020, que era 29%. Além disso, nove em cada dez empresas pelo mundo têm uma mulher em suas equipes de liderança.


Mas como promover a liderança feminina mas empresas?

Para que haja uma mudança no cenário do mercado de trabalho, algumas transformações na cultura organizacional, políticas internas e estratégias dentro das empresas são necessárias, prezando diversidade e inclusão. Para que todo esse processo seja legítimo e efetivo, é importante que exista uma comunicação clara sobre o novo rumo da empresa, lembrando sempre de buscar novidades, celebrar conquistas e resultados e propor mudanças, gerando pertencimento e visibilidade de seus colaboradores.


Desenvolver um plano de carreira, incentivando capacitação e programas focados para cada área, motiva a todos não só a crescer individualmente, mas também a crescer na empresa, criando um ambiente sadio de competição e crescimento.


Fomentar o empoderamento feminino em posições de liderança não é apenas questão de desenvolvimento social e econômico, mas também de equidade, provando que as mulheres podem desenvolver papeis de relevância tanto quanto - ou mais - os homens.



4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo