Abstract Linear Background_edited.jpg
LINA_BLOG__-05_edited.png
LINA_BLOG-06.png

Open Finance: o futuro dos serviços financeiros começa agora!


O Open Finance abriu novos caminhos para a inovação, construído por entidades como Banco Central e Anbima, vemos um novo futuro surgindo, que ajudará milhões de pessoas e muitas instituições.



Imagine quando surgiu a internet, muitas pessoas não sabiam o que era ou para o que servia mas todos falavam dela e de como seria fantástica. O Open Finance nasceu assim, gerando muitas dúvidas que aos poucos foram sendo explicadas pelas empresas em artigos como esse que você está lendo agora.


Para se ter uma a ideia de como o Open Finance pode ajudar as pessoas e empresas, vou explicar aqui algumas das opções que já são reais e outras que virão ao longos dos próximos meses e/ou anos.

Alguns setores como bancos, crédito, varejo, seguros e imobiliário, serão aprofundados para que você entenda melhor as possibilidades.

Antes preciso explicar alguns pontos importantes, iniciando pelo próprio nome do ecossistema: Open Finance.

O Open Finance nasceu para o setor bancário, que muitas vezes, é o precursor de novidades tecnológicas devido ao grande volume e riscos nas transações envolvidas. Foi nele e para ele que nasceu o Open Banking, como era chamado inicialmente, até sua quarta fase de implementação, foiquando evoluiu para Open Finance, ao se compreender que atenderia não apenas bancos, mas todo o ecossistema financeiro.



Bancos

Já pensou que se você, instituição bancária, conhecesse seu cliente melhor, não precisaria mais solicitar tantos documentos numa abertura de conta?


Com o Open Finance, seu cliente pode consentir o compartilhamento de dados, dando acesso as suas informações já cadastradas em um banco para que você possa autorizar seu cadastro, ficando assim tudo mais fácil e ágil.

Todos os dados cadastrais como endereço, números de documentos, estado civil, nacionalidade e outros, já estão lá, sem a necessidade de solicitá-los novamente. Mas é só isso? Claro que não, todo o histórico de conta como saldo, limites, extratos bancários, empréstimos e gastos no cartão de crédito são compartilhados e, com essas informações, a análise se torna muito rápida e sem falhas ou erros humano, já que um algoritmo mostra uma visão geral e profunda dos dados obtidos.


Então, com a nova conta aberta, o mesmo limite que já possuía no banco antigo agora fica disponível no novo e todas as ofertas que apenas um cliente de muitos anos teria, chega até o seu cliente com alguns cliques.


A Lina escolheu ser uma empresa especializada em infraestrutura para Open Banking e Open Insurance, tornando possível essa grande oportunidade de acelerar cadastros e negociações entre pessoas e bancos ou até empresas e bancos, com uma velocidade e segurança nunca vistas antes.



Crédito

Para as empresas do setor de crédito, o Open Finance acelera esse mercado como um carro de Formula1 que traz velocidade e ao mesmo tempo muita segurança. Para isso, a Lina investiu em tecnologia garantindo segurança com certificações internacionais e testes minuciosos junto ao Banco Central, já na velocidade, nossa solução diminui em até 80% o tempo do onboarding de um cadastro.


Agora se o cadastro é rápido, imagine ter essa mesma velocidade na análise de crédito. Quando uma empresa oferece crédito PF ou PJ ela precisa analisar diversas informações do tomador do crédito. O tempo dessa análise é proporcional ao risco que se quer tomar. Com o Open Finance e um motor de crédito isso muda consideravelmente, as informações financeiras estão esperando para serem analisadas e não podem ser alteradas ou maquiadas. Desta forma, o tempo de análise está ligada ao motor de crédito que faz isso de forma quase que instantânea.


Varejo

Para o mundo varejo temos com o Open Finance a possibilidade de melhorar a conhecida e sempre complexa Jornada do Cliente.


Segundo um comparativo realizado pelo Baymard Institute entre 46 estudos internacionais sobre o tema, a taxa de abandono de carrinho no e-commerce é de 69,82%.

O resultado é próximo do que aponta a Enext para as lojas virtuais no Brasil. Por aqui, a taxa média de abandono de carrinho foi de 61% em 2021.

Isso se deve a inúmeros motivos, um deles é a quebra da experiência no momento do pagamento. Se o cliente for pagar com cartão de crédito, precisa sempre inserir os dados do cartão, códigos de segurança, datas e até outras informações adicionais para sua própria segurança. Utilizando Pix, você precisa conectar seu telefone a outro App, e ler o QR Code, ou usar o famoso copia e cola.

Agora com o Open Finance ITP – Iniciador de Transação de Pagamento -, basta escolher o banco que quer pagar pelo próprio site, se conectar a sua conta e efetuar o pagamento.

Se apenas uma parte dos quase 70% de desistentes comprassem usando o Open Finance, já somariam bilhões em transações que atualmente são perdidos.



Seguros

O Open Finance ganhou um irmão chamado Open Insurance, que está em sua fase inicial, mas que já sabemos que trará muitas melhorias para as seguradoras e seus clientes.


Primeiro gostaria de citar que o Open Banking e Open Insurance integrados tornarão as operações rápidas e fáceis para serem concretizadas. Assim como no Open Finance, o padrão rege a forma de se operacionalizar o Open Insurance, com modelos iguais em vários documentos que serão utilizados. As ofertas também serão um diferencial, pois uma seguradora poderá saber o que a outra oferece e o que determinado cliente possui, assim aumentam as possibilidades de compra aos seus clientes.


Certamente novas startups aparecerão com aplicativos e serviços que irão ajudar na compra e controle de seus seguros, não deixando nenhum bem descoberto por falta de renovação ou pagamento de alguma parcela.


Imobiliário

O mercado de imóveis ainda não possui nenhum ecossistema próprio como o Open Finance ou Insurance, mas já existe a necessidade latente de se validar de forma mais rápida e precisa quem quer alugar ou vender um imóvel. Imagine você, mesmo sem fiador, poder alugar uma casa com apenas um clique, compartilhando seus dados de forma segura para você e sem gerar risco para o locador.


Para toda essa evolução se faz necessário o uso da mais alta tecnologia que garanta a segurança e agilidade nos processos. Além daquele item muito importante que é custo. Para isso, a Lina emparceria com grandes empresas do setor financeiro oferece seus produtos Data Push e Data Pull que atende a todos os modelos citados acima. Vamos juntos explorar novas oportunidades?



30 visualizações

Posts recentes

Ver tudo